Seminovo

Memorial de Ayres

R$5.00Preço
  • Autor: Machado de Assis
    Editora: Clube do Livro
    Ano: 1949
    183 p.
    Medidas: 19 cm x 14 cm

    Último romance do autor, o livro tem traços autobiográficos. Escrito poucos anos após a morte de sua esposa e companheira, conta a história de um casal de idosos, suas alegrias e a grande tristeza de não terem tido filhos. É como se o Conselheiro Ayres (já presente em "Esaú e Jacó"), aposentado das exigências da vida diplomática, estivesse cansado do olhar crítico e da ironia, preferindo enxergar e contar o bem onde antes fazia questão de tecer o mal.
    O resultado é um livro suave, um pouco triste e monótono, como imaginamos ser a velhice.
    Recomendável para os que já amam Machado de Assis.


    Essa é uma edição do Clube do Livro, que foi criado em julho de 1943, em São Paulo, para incentivar o gosto pela leitura, através da formação de bibliotecas econômicas. O Clube editava mensalmente um livro de notório merecimento, escolhido pelo seu Conselho de Seleção e enviava ao sócio, que pagava a quantia de 6 cruzeiros mensais.

    O livro era, portanto, confeccionado de maneira bastante econômica e rústica.

    Bom estado. As 3 primeiras páginas (a com a descrição do Clube do Livro e as 2 com o título da obra) estão rasgadas, mas nada que comprometa a leitura.